LinuxSP

Linux na veia

O que é Linux

O Linux é um sistema operacional, um grande conjunto de software que controla o computador. Ele é similar ao Microsoft Windows®, mas é completamente livre. O nome mais preciso para ele é Gnu/Linux mas dizer só Linux também funciona.

O Linux não é o produto de alguma empresa, mas de um número de empresas e grupos de pessoas que contribuem no seu desenvolvimento. De fato, o sistema GNU/Linux é um componente central que é utilizado em diferentes produtos. Estes produtos são chamados distribuições.

O que é uma Distribuição

Não existe um Linux, mas sim uma grande variedade, disponível para todos os gostos, objetivos e limitações, as distribuições. Cada distribuição é composta por um kernel, aplicações e ferramentas de instalação. Apesar de se poderem comprar, normalmente também é possível fazer o download. Caso não contenham software comercial (não GPL), as distribuições podem ser livremente copiadas e distribuídas.

As Distribuições mudam a cara e o funcionamento do Linux completamente. Elas variam desde grandes sistemas suportados e desenvolvidos por empresas, até pequenas e leves cabendo um um memory stick usb ou rodando em computadores antigos (muitas vezes desenvolvidos por voluntários).

Vantagens do Linux

 

  • Robustez e Confiabilidade

  • Preço

  • Open Source

  • Diversidade e Compatibilidade

  • Segurança

  • Rapidez

  • Estabilidade

Robustez e Confiabilidade

Escrito por hobby por milhares de programadores, sem a pressão de datas de entrega existentes no software comercial. Correções de vulnerabilidades (patches) disponíveis num curto espaço de tempo. Modularidade. Apenas é necessário reiniciar o sistema para trocar o kernel ou alterar hardware!

Preço

Grande parte das distribuições permite o download completo, outras apenas permitem de certas partes (software não comercial). Costuma ser possível adquirir a versão oficial, com manuais. Pode ser copiado e distribuído livremente, caso não exista software comercial.

Open Source

Código disponível para todos. Possibilidade de alterar o código. Disponibilidade de correções num curto espaço de tempo. Grande número de beta-testers.

Diversidade e Compatibilidade

Diversidade de programas, linguagens de programação, ambientes gráficos, etc. Suportado por um grande número de plataformas (x86, 64bits, PowerPC, Macintosh, Amiga, Atari, Dec Alpha, Sun Sparc, ARM, entre outras).

Segurança

Códigos escritos 100% abertamente tem a segurança redobrada, pois quando o código é lido, mesmo assim não é possível invadi-lo, ao contrario de códigos fechado, que contam com o anonimato do código como medida de segurança, assim sendo descompilado o sistema pode estar amplamente aberto a invasões.

Rapidez

O protocolo TCP/IP do Linux foi reescrito do zero, usando novas técnicas de conexão e mais segurança, assim o protocolo do Linux sendo 30% mais rápido do que o Windows NT/2000.

Estabilidade

A estabilidade dos sistemas Unix já é conhecida mundialmente, por esta razão empresas como Google, Yahoo, HP estão migrando para Linux. Há 42% dos bancos brasileiros usando Linux. O governo federal esta migrando para Linux, e admite a economia feita na área de TI após a implantação do Linux, e ainda ressalta a segurança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: